Seja um Parceiro

Empresas ou organizações, públicas ou privadas, que estejam comprometidas com a conservação das florestas e que queiram incluir o FSC nas suas políticas de compras, construir projetos especiais, agregar valor à marca, promover o aumento da certificação e a demanda por produtos florestais certificados, pode se tornar um parceiro através do Programa Key Account.

O trabalho em conjunto visa compartilhar competências e recursos, além de desenvolver abordagens inovadoras para a conservação das florestas.

Seja um Parceiro

Sua organização quer comprar produtos certificados? O FSC Brasil ajuda!

Boa parte do impacto de organizações vem da cadeia produtiva. Preço não pode ser mais a única variável a compor a decisão de compra. Olhar mais de perto as cadeias de fornecimento é uma necessidade. O FSC é uma solução robusta para problemas complexos, como ilegalidade, questões sociais e ambientais.

Por meio do Programa Key Account, o FSC Brasil apoia organizações que desejam estabelecer a certificação FSC com um critério de compras.

O programa tem foco principal em organizações que desejam adquirir produtos acabados e rotulados com o selo FSC e que possuam contato com o consumidor final do produto. 

Para divulgar seu compromisso, o parceiro Key Account obtém a licença das marcas registradas FSC, que dá o direito de usá-las de forma promocional, em sites, redes sociais, campanhas e outros. 


 

Benefícios de ter o FSC nas políticas de compras

  1. Responsabilidade Social

    Demonstra que você se preocupa com a origem dos produtos florestais que adquire e deseja assegurar os mais altos padrões socioambientais do mercado. A certificação FSC é uma maneira eficaz de obter reconhecimento de suas práticas responsáveis e também pode ajudá-lo a estabelecer, cumprir e comunicar metas de Responsabilidade Social Corporativa (CSR) e ESG.

  2. Credibilidade

    O FSC é um grupo independente, liderado por membros organizados nas câmaras social, ambiental e econômica com igual poder de decisão. Os membros elegem o Conselho Diretor e votam nas principais decisões. Essa abordagem permite que diversas perspectivas sejam representadas na tomada de decisões.

  3. Reconhecimento do consumidor

    Os consumidores estão cada vez mais compreendendo seu papel no consumo responsável. Segundo a última pesquisa do FSC no Brasil (2017), cerca de 60% dos consumidores brasileiros reconhecem a marca FSC. A mensagem que o selo FSC passa ao consumidor é sustentabilidade na floresta, origem responsável do produto. 


     

  4. Garantia de origem responsável

    A certificação FSC assegura a origem responsável de produtos florestais. As organizações certificadas em manejo florestal pelo FSC contribuem diretamente para o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 15.2.1 (progresso em direção à gestão florestal sustentável).

  5. Benefícios ambientais

    O FSC estimula a conservação de ecossistemas florestais e ajuda a combater as mudanças climáticas. O FSC proíbe a extração ilegal de madeira, a degradação florestal e o desmatamento em áreas certificadas. Os padrões de manejo florestal do FSC incluem proteção da qualidade da água, prevenção da perda de cobertura natural da floresta e proibição do uso de produtos químicos altamente perigosos. O FSC promove conservação de ecossistemas florestais e reduzindo o impacto do aquecimento global.

  6. Benefícios sociais

    Os padrões de manejo florestal do FSC promovem boas práticas no relacionamento com os funcionários próprios e terceiros; cumprimento da legislação trabalhista; adoção de medidas de monitoramento, que assegurem qualidade na saúde, segurança e higiene no local de trabalho; boas condições de transporte; utilização de mecanismos de comunicação e solução de conflitos; entre outros. Na região, ela deve minimizar os impactos negativos da sua atividade produtiva, além de gerar emprego e renda.

  7. Envolvimento das comunidades

    O FSC demanda que empreendimentos florestais certificados envolvam membros das comunidades locais nos processos de tomada de decisão e protejam os direitos dos povos indígenas e populações tradicionais, garantindo assim que suas vozes sejam parte integrante do processo de certificação e que o impacto das operações de manejo seja mitigado.