De Londres ao Rio de Janeiro

No evento “De Londres ao Rio de Janeiro”, os convidados discutiram sobre a continuidade do uso de madeira certificada nos Jogos Olímpicos. O que foi feito em Londres deveria se repetir no Rio de Janeiro e se possível, ser melhorado.

O FSC® discutiu a questão social da certificação florestal, como a garantia das condições de trabalho e a conscientização do grande público em relação ao uso de madeira certificada. Também se falou de como um evento grande como as Olimpíadas pode gerar visibilidade pro FSC e ajudar a criar demanda por produtos certificados em geral.

Andrew Kinsey:

Possui experiência como Dir. de Sustentabilidade do MaceGroup, empresa envolvida nas obras dos Jogos de Londres.

Tânia Braga:

Diretora de Sustentabilidade e Legado do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, mantenedora do compromisso do uso de recursos florestais certificados.

Marco Lentini:

Coordenador do Programa Amazônia da WWF-Brasil, responsável pelo quadro de ilegalidade e falsa legalidade de madeira amazônica e outras iniciativas para garantir que grandes compradores assumam o compromisso de valorização das boas práticas de manejo, como as reconhecidas pelos sistemas de certificação.

Marina Gurgel:

Coordenadora de Projetos da ICM – Internacional dos Trabalhadores da Madeira., fala sobre a importância de agregar valor social às construções, através do uso de materiais que tenham assegurados direitos trabalhistas.

Mariana Malufe:

Gerente de Sustentabilidade da Ilha Pura, fala sobre a atuação da redução da pegada de carbono em grandes obras.

Pina Gervassi:

Diretora Regional do FSC América Latina, fala um pouco sobre o valor da marca FSC como ferramenta de compromisso social e ambiental

Assista aos vídeos e entenda os benefícios da parceria entre FSC Brasil e Rio 2016™.


© Forest Stewardship Council® · FSC® F000204