Novidades

Notícias e temas relacionados às nossas atividades


Monday, 25 October 2021
Klabin é a primeira empresa do Brasil a conquistar três certificações FSC® simultâneas por Serviços Ecossistêmicos em Santa Catarina

Release Klabin (© Klabin)© Klabin

Reconhecida mundialmente por sua atuação sustentável, a Klabin acaba de obter as Certificações FSC® para Conservação de Biodiversidade (ES1), Sequestro e Armazenamento de Carbono (ES2) e Serviços em Bacias Hidrográficas (ES3), após auditoria realizada pelo Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora) na Fazenda das Nascentes, localizada na RPPN Complexo Serra da Farofa, em Santa Catarina. Com os reconhecimentos, a Companhia se torna a primeira empresa no país a conquistar os três selos simultaneamente.


Para obter as certificações, a Klabin se compromete com objetivos em três frentes distintas, como diagnosticar, monitorar e manter a biodiversidade da região, proteger as áreas contra incêndios, caça e pesca ilegal, manter a qualidade e disponibilidade dos recursos hídricos e aprofundar continuamente o conhecimento sobre os temas que discorrem os três serviços ecossistêmicos.

“Conquistar o reconhecimento desses serviços demonstra o compromisso da empresa com os temas relacionados e, para além do aspecto ambiental que é extremamente positivo, pode atrair novos investimentos frente a realidade atual que cada dia mais busca alternativas para produções sustentáveis aliadas a mitigação dos efeitos das mudanças climáticas”, Ellen Keyti Cavalheri, coordenadora de certificação florestal do Imaflora.

A Fazenda das Nascentes faz parte de um conjunto de propriedades adquiridas pela Klabin em 2006 com a finalidade de conservação da biodiversidade e proteção dos recursos hídricos na região da Serra Catarinense. Inserida no bioma Mata Atlântica, está localizada na divisa entre os municípios de Painel, Urupema, Rio Rufino e Bocaina do Sul, em uma área estratégica de preservação que, devido à proximidade do Parque Nacional de São Joaquim e Parque Estadual da Serra do Tabuleiro - duas das principais Unidades de Conservação do estado -, permite expandir e ampliar os corredores ecológicos da região.

“O reconhecimento pelos Serviços Ecossistêmicos existentes em nossa área reforça a relevância de um bom manejo florestal para a conservação ambiental. Estamos extremamente orgulhosos desta conquista, que reflete os esforços empreendidos na jornada em prol do desenvolvimento sustentável de nossas atividades”, afirma Júlio Nogueira, gerente de Sustentabilidade e Meio Ambiente da Klabin.

Historicamente, a Klabin, em parceria com Imaflora, apresenta pioneirismo na conquista de certificações pelo FSC. A Companhia foi a primeira do setor de celulose e papel do Hemisfério Sul a receber a certificação que atesta o manejo responsável em suas florestas. Também foi a primeira empresa no mundo a ter produtos florestais não madeireiros certificados pelo órgão, assegurando a origem da matéria-prima utilizada na fabricação dos seus produtos. Atualmente, a Klabin tem 100% das florestas certificadas pelo FSC, que leva em consideração práticas de respeito aos recursos naturais, localidades e bem-estar dos trabalhadores.

“O FSC, mais do que um selo verde, é uma ferramenta econômica de desenvolvimento sustentável”, diz Daniela Vilela, diretora executiva do FSC Brasil. “Agora, mais do que nunca, é fundamental compreender a relação que existe entre as nossas atividades e a conservação – ou não – do meio ambiente. O manejo florestal responsável, sem dúvida, é um dos principais recursos não só no combate ao desmatamento, mas também às mudanças climáticas”, completa a executiva. “Conquistas como essa da Klabin, além de facilitarem o acesso a investimentos, são muito importantes para dar visibilidade a essas questões”.

A Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) é uma unidade de conservação permanente, criada em áreas privadas com o objetivo de contribuir para a preservação de matas nativas e a manutenção da biodiversidade. O Complexo Serra da Farofa é a maior RPPN da Klabin e a terceira maior RPPN da região sul do Brasil – segundo o Painel de Indicadores da Confederação Nacional de RPPN – com quase cinco mil hectares de área remanescente da Mata Atlântica, floresta de araucárias e campos de altitude, abrigando as nascentes dos rios Caveiras e Canoas.

Na região, já foram identificadas oficialmente mais de 570 espécies de flora e 357 espécies da fauna, entre elas, muitas classificadas como endêmicas, raras e com status de conservação reconhecido entre as listas oficiais de espécies ameaçadas de extinção. Reforçando o trabalho voltado à pesquisas científicas, manejo de recursos naturais e manutenção do equilíbrio climático e ecológico, a Klabin inaugurou, em 2019, o Centro de Interpretação da Natureza (CINAT). O espaço, que fica localizado na Fazenda das Nascentes, na zona de administração da RPPN Complexo Serra da Farofa, possui dormitórios, refeitório e auditório, tem capacidade para receber simultaneamente 40 visitantes e contribui com o trabalho e a vivência dos pesquisadores no desenvolvimento de estudos e projetos.


© Forest Stewardship Council® · FSC® F000204