Novidades

Notícias e temas relacionados às nossas atividades


Tuesday, 02 July 2019
Canudinho de papel, com selo verde, é alternativa sustentável para a substituição do plástico

Ecanudo

EcoFactory é a primeira empresa a produzir canudos sustentáveis, com selo verde FSC®, no Brasil


O cumprimento de normas ambientais e de requisitos sociais tem ajudado empresas a identificar e a se posicionar para um novo nicho de mercado, que tem a sustentabilidade como principal meio de interlocução com o mercado. É assim que, desde o início de 2019, os empresários Luiz Gonçalves e Euclides Castro, sócio-proprietários da EcoFactory, primeira empresa a produzir canudos sustentáveis, com selo verde, no País, iniciaram a comercialização de canudinhos feitos com papel.

A produção, biodegradável e certificada pelo FSC (Forest Stewardship Council® - Conselho de Manejo Florestal), surgiu após a dupla mapear o mercado nacional e não encontrar nenhum produto semelhante, que tivesse um selo verde e garantisse a origem da matéria-prima utilizada. A alternativa encontrada criou um novo ciclo produtivo e comercial para a EcoFactory. E o melhor: abriu novos mercados.

Hoje, graças à certificação FSC, temos uma perspectiva muito promissora para o futuro, com a abertura de novos mercados e a consolidação dos já existentes. Sem o selo, não chegaríamos a ser consultados por grandes redes alimentícias do Brasil e de fora, que oportunizaram estas negociações”, revela Gonçalves.

Para que o projeto ganhasse forma, entretanto, foram necessárias horas de pesquisa, desenvolvimento e testes. Com os primeiros resultados obtidos, os processos de produção foram se desnudando. Após esta etapa, eles também testaram a resistência e a durabilidade dos novos canudos. Em seguida, veio a principal conquista: os canudinhos foram homologados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que autorizou o seu uso.

Apesar de parecer um processo simples, levamos muito tempo para compreender todas as suas etapas produtivas. E foi um caminho bastante longo. Por fim, desenvolvemos uma nova solução para a cadeia alimentar e, hoje, podemos afirmar que temos o domínio de sua produção, com 100% da matéria-prima nacional”, comenta Castro.

Os canudinhos biodegradáveis substituem os modelos convencionais, tradicionalmente encontrados em restaurantes e lanchonetes, produzidos com plástico. Por isso, representam uma alternativa sustentável para o consumidor. Na última semana, a Prefeitura de São Paulo sancionou lei que proíbe o fornecimento de canudinhos plásticos em hotéis, restaurantes, bares, padarias, clubes noturnos, salões de dança e eventos musicais. A proibição prevê multa de até R$ 8 mil aos estabelecimentos que não respeitarem a lei.

Responsável pelo processo de auditoria da empresa, a coordenadora de certificação florestal do Imaflora (Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola), Nathália Ribeiro, explica que a certificação FSC garante que a matéria-prima principal do produto, no caso a madeira, foi manejada de maneira ambientalmente correta, socialmente justa e economicamente viável.

Os consumidores estão buscando cada vez mais produtos que respeitem o meio ambiente. E a substituição do plástico pelo papel é uma estratégia importantíssima, tanto para os consumidores quanto para as empresas preocupadas com o meio ambiente”, afirma.

Com o selo verde FSC, os empreendimentos certificados se responsabilizam pelo uso racional dos recursos naturais e pelo manejo florestal sustentável da sua matéria-prima, diferenciando seus produtos no mercado, agregando valor à sua marca e participando de mercados exigentes.

Para saber mais sobre a EcoFactory, acesse: https://ecofactory.com.br/


© Forest Stewardship Council® · FSC® F000204