Novidades

Notícias e temas relacionados às nossas atividades


Tuesday, 18 September 2018
Sociedade pode observar aves em área de Mata Atlântica restaurada em Itu

SOSMA

Atividade pretende oferecer lazer com vivência na natureza e parceria entre cientistas e amadores à identificação de espécies e de como elas contribuem ao meio ambiente


Fonte: SOS Mata Atlântica

A Fundação SOS Mata Atlântica e a SAVE Brasil realizam, no dia 29 de setembro, das 6h45 às 12h, uma atividade de observação de aves no Centro de Experimentos Florestais SOS Mata Atlântica – HEINEKEN Brasil, em Itu-SP. O objetivo da iniciativa é mostrar a importância da conservação das aves e da Mata Atlântica com apoio da sociedade. Qualquer pessoa pode participar, desde que faça a inscrição prévia neste link. As vagas são limitadas.

A ação será realizada a partir da ciência cidadã, ou seja, quando amadores e cientistas coletam dados sobre espécies de aves e os disponibilizam para toda a sociedade. Para isso, o grupo realizará uma caminhada de aproximadamente duas horas na base de restauração florestal da ONG, que possui mais de 500 hectares e teve mais da metade de sua área restaurada. Ao término da caminhada a lista de espécies avistadas será conferida e inserida no aplicativo eBird.

Para uma maior interação do grupo, será oferecido um café da manhã seguido de bate-papo com os biólogos da SAVE Brasil que acompanharão a atividade. Durante a caminhada, eles darão dicas de como usar os guias de campo e o binóculo para encontrar aves, ambos emprestados na ação. Além disso, explicarão as principais características das espécies e como é possível identificá-las.

Aretha Medina, coordenadora de Restauração Florestal da Fundação SOS Mata Atlântica, destaca não só a importância de despertar a admiração dos participantes pela atividade, mas, também, de sensibilizá-los para o envolvimento em ações que contribuam para a conservação e restauração da Mata Atlântica. “O Centro de Experimentos Florestais agrega esta nova iniciativa em seu calendário com a proposta de envolver e trazer um novo olhar para diferentes públicos na realização de atividades que contribuam para a conservação da biodiversidade local“, destaca ela.

Um recente estudo realizado no Centro de Experimentos Florestais da SOS Mata Atlântica, identificou mais de 200 espécies de aves na propriedade. Entre elas, duas consideradas ameaçadas a nível estadual e enquadradas nas categorias “vulnerável” e “em perigo” de extinção, respectivamente: a perdiz (Rhynchotus rufescens) e o mocho-dos-banhados (Asio flammeus). Outras quatro são consideradas “quase ameaçadas” de extinção, três na esfera estadual, o jacupemba (Penelope superciliaris), o papagaio-verdadeiro (Amazona aestiva) e o uí-pi (Synallaxis albescens), e uma globalmente, Piculus aurulentus.

Saiba mais aqui.


© Forest Stewardship Council® · FSC® F000204